Grupo de Cultura Popular

 

A cultura popular ou as culturas populares, como vendo concebida na dimensão governamental mais especialmente de 2002 para cá, ocupa hoje um espaço significativo dentro do conjunto de bens que constitui o patrimônio imaterial brasileiro. Foi graças à resistência de seus guardiões e guardiãs que ela sobreviveu (refugiada) à opressão, inferiorização e tentativa de invisibilização, para alcançar um lugar dentro das políticas públicas culturais deste país. Não fosse a bravura dos mestres e diversos outros artistas populares, na sua grande maioria anônimos, hoje este capítulo poderia estar no pretérito mais que perfeito falando apenas de sua memória.

Entretanto, a cultura popular está aí viva, cantando e contando sua história e dando lições de como misturar sagrado e profano, homem e mulher, idoso e criança, de como romper os limites do rural e o urbano, campo e cidade e, de como pisar firme no mesmo chão, onde já pisou maneiro para não assanhar formigueiro.

 

Desse valioso coletivo que se dedica a tão importante missão, parte se encontra em São Gabriel, na cidade e no campo cultuando tradições tão importantes a identidade deste município como: São Gonçalo, Reisado, Cantiga de Roda, Capoeira, Cordel, Repente e Caretas.


Grupos de Reisado:

Reis de Dona Adilina (zona urbana)

Migrado da Vereda (margem do rio Jacaré há mais meio século, foi passado ao seu Zé um dos filhos da mencionada matriarca. Seus membros residem entre o Mansanbão/Maçambão e o bairro Quixabeira, a chamada ilha bêbada, nome dado em função das águas do Baixão que o inundavam parcialmente durante o período das chuvas.

Reisado Feminino de D. Beta- Dona Valdé

Forte como o pau pereira, cantado durante os dias dedicados ao santo Reis (Pau pereira, pau pereira; É um pau de opinião; Todo fulora em casa; Só o pau pereira não) o Reis de Dona Beta, que tem hoje como líder Dona Valdé (sua filha) derrubou preconceitos e teimosamente atravessou décadas com o propósito de louvar ao santo, (re)afirmar–se e levar alegria aos lares gabrielenses, como diz uma de suas cantigas:

“ O povo daqui dizia

Que nosso reis não ia sair

Nosso reis está na rua

Com prazer e alegria...”

 

Reisado de Alagoinha - Lider Seu Nito

Coreografia (ou uma dança, como é chamada pelo grupo) feita envolvendo sempre um homem e uma mulher cujos passos são sincronizados obedecendo ao ritmo e letra: “cadê fulano que eu não acho? Segura menino(a) na volta do braço”.

Seu Nito (no centro dançando)

 

Reisado de Boa Hora

Líder - Seu Alcides

Este grupo cultua a tradição de todos os anos, na noite do dia 5 de janeiro encontrar-se com o grupo Reisado de Alagoinha no meio da estrada que divide as duas comunidades. Esse encontro se dá por volta de meia-noite e partir daí seguem no “samba” ( cantando e dançando) até uma das duas comunidades onde a festa permanece durante todo o dia em homenagem a Santo Reis. E nessa dinâmica, ao contrário das relações convencionais, o visitado em dívida para com o visitante, o visita no ano seguinte e assim segue a tradição que alimenta as duas comunidades.

Grupo de reisado de Boa Hora sem a presença de Seu Alcides (motivo de doença)

 

REISADO DE CURRALINHO

Líder - Zé de Eva.

Zé de Eva (mão erguida) e seu Nego coma camisa do grupo (GRV_ grupo de reisado de Curralinho)

(Correu água, correu água

Correu água Gabriel, correu água...)

 

CANTADEIRAS DE RODA

Há dois grupos de cantadeiras de roda, sendo um na sede do município e outro em Caroazal (campo). Entre seus repertórios encontram-se cantigas de trabalho e cantigas de lazer. Nas de lazer é comum o jogo de versos que vão das brincadeiras às paqueras. O grupo da sede tem como líder Irenilda e o de Caroazal, Mirailde.

Ô lê lê vira a moenda

Ô lê lê a moenda virou

Ô lê lê sacode o bagaço

Ô lê lê que a moenda deixou

(cantiga de trabalho do grupo da sede que era geralmente puxado por D. Sinésia.)

Cantadeiras de Roda (sede) durante um ensaio

 

Caretas-Pitial


 

 

 

Cantorias

Fundação Culturarte de São Gabriel
Rua Cirilo Tavares Siriema, Nova Brasilia, 70, CEP 4915-000 - São Gabriel - BA / (74) 3620-2165
Desenvolvido pela Consult System